Atuação Fonoaudiológica em Grupo de Gestantes



ATUAÇÃO FONOAUDIOLÓGICA EM GRUPO DE GESTANTES
 
Muitos têm a concepção de que a fonoaudiologia é uma área da saúde que se limita a atendimentos individuais clínicos e realização de exames auditivos. Porém a Fonoaudiologia é um campo imensurável de atuação, estudos, trabalhos e ações, envolvendo várias especialidades.
Atualmente 11 especialidades são reconhecidas pelo Concelho Federal de Fonoaudiologia, ligadas às áreas de AUDIOLOGIA, LINGUAGEM, MOTRICIDADE, SAÚDE COLETIVA, VOZ, DISFAGIA, FONOAUDIOLOGIA EDUCACIONAL, GERONTOLOGIA, FONOAUDIOLOGIA NEUROFUNCIONAL, FONOAUDILOGIA DO TRABALHO E NEUROPSICOLOGIA.
“O fonoaudiólogo é um profissional de Saúde, com graduação plena em Fonoaudiologia, que atua de forma autônoma e independente nos setores público e privado. É responsável pela promoção da saúde, prevenção, avaliação e diagnóstico, orientação, terapia (habilitação e reabilitação) e aperfeiçoamento dos aspectos fonoaudiológicos da função auditiva periférica e central, da função vestibular, da linguagem oral e escrita, da voz, da fluência, da articulação da fala e dos sistemas miofuncional, orofacial, cervical e de deglutição. Exerce também atividades de ensino, pesquisa e administrativas.”
E por atuar na atenção à saúde, este profissional deve estar junto aos grupos de gestantes. As atividades desempenhadas pelo profissional nestes grpos são de extrema importância, pois permitem a promoção de conhecimentos necessários sobre a criança e o seu desenvolvimento, assim como tem caráter preventivo atenuando possíveis desordens que por ventura poderão ocorrer no período gestacional e pós- gestacional (nascimento e desenvolvimento da criança). Identificando precocemente distúrbios de comunicação e audição, entre outras alterações.
 O momento da gestação é o momento ideal para a conscientização destas informações importantes. A futura mamãe está mais receptiva a escutar e aprender, pois deseja que seu filho desenvolva-se com saúde e dentro dos padrões normais.

O Fonoaudiólogo pode enfocar temas como:
 - Prevenção e/ou diagnóstico precoce de doenças hereditárias;
- Desenvolvimento neuropsicomotor infantil e esclarecimentos sobre fatores de risco ligados aos distúrbios da comunicação humana (desenvolvimento normal e patológico da fala e linguagem);
- Aleitamento Materno (pega do peito);
- Desenvolvimento da audição; Triagem Auditiva Neonatal (TAN); Saúde Auditiva;
- Hábitos orais viciosos (chupeta, mamadeira, sucção digital e onicofagia/hábito ou vicio de roer unhas);
- Alimentação (importância de seguir as orientações do pediatra na introdução dos alimentos); Desenvolvimento adequado dos órgãos fonoarticulatórios no que diz respeito à mobilidade, força e postura, para o bom desenvolvimento das funções de respiração, mastigação, deglutição e fala.
- Estimulação adequada, desde os primeiros meses após o nascimento.
 
Enfim, o Fonoaudiólogo promove a saúde materna e do bebê, de maneira qualificada e humanizada, garantindo maior segurança quanto à prevenção e identificação precoce de quaisquer alterações.
Sempre que tiver dúvidas procure um Fonoaudiólogo.

Texto elaborado pela Fonoaudióloga da PróAudi Marisa Fucillini, CRFa 7 - 3927